Banner Principal

Como ganhar dinheiro com vidraçaria?

Como ganhar dinheiro com vidraçaria?Conheça o mercado de vidros e fature alto abrindo uma vidraçaria

Apesar de ainda estarmos em um momento de recuperação da economia, o mercado de vidros está crescendo e mostrando sua força. Um estudo sobre o desempenho produtivo e econômico do setor no Brasil, o Panorama Abravidro 2017, mostrou uma queda de 11,8% no consumo de vidros planos nos últimos dois anos. Porém, esse cenário já está mudando para melhor a cada dia e o setor está mostrando um crescimento consistente.

Isso mostra que as vidraçarias devem seguir as tendências do mercado e se profissionalizar para poder enfrentar a concorrência e ofertar ao seu público produtos e serviços com maior valor agregado.

O vidro nos últimos anos tornou-se um elemento indispensável para compor diversos projetos de forma harmônica e com uma infinidade de variações estéticas. O vidro hoje é um dos materiais mais utilizados para funções de ambientação de casas, escritórios e lojas comerciais. O negócio de Vidraçaria não está relacionado somente à estética, mas também à ambientação com conforto, funcionalidade e beleza.

O que é preciso para abrir uma vidraçaria?

Conheça o mercado de vidros e fature alto abrindo uma vidraçariaPara abrir uma vidraçaria não é necessário que se tenha um grande capital de investimento. No entanto, é importante que o empreendedor tenha algum conhecimento e técnica no ramo, pois ele irá trabalhar com diversos tipos de vidros para diferentes nichos.

Outro ponto importante é a instalação do produto que também é uma das habilidades essenciais ao abrir um negócio no segmento, inclusive os próprios clientes são bastante exigentes nesse quesito. Para montar a própria vidraçaria, o empreendedor precisa conhecer todos os tipos de vidros disponíveis no mercado e ainda saber para que serve cada um de modo específico.

O mercado da vidraçaria

Abrir uma empresa de vidraçaria é considerado médio risco, ou seja, possui um grau médio de incerteza. Levantamentos específicos geralmente concluem que os investimentos com baixo risco podem ter um retorno seguro e lento, enquanto os investimentos de alto risco possuem grande possibilidade de ganhos altos e pouca segurança de mercado. Isso quer dizer que o setor vidreiro é um ramo promissor para o pequeno e médio empreendedor que pensa em montar a sua própria loja.

Uma das táticas para o sucesso do negócio é conseguir o menor preço possível com os fornecedores, isso poderá alavancar as vendas, principalmente para quem estiver começando o negócio. Outra ideia bem interessante é criar parcerias com os fornecedores e marcas renomadas para a divulgação e comercialização dos produtos.

Tipos de produtos, localização adequada e divulgação

Uma vidraçaria pode atender vários tipos de clientes, porém, é indicado que o empreendedor se especialize em alguns tipos de vidros, como por exemplo, vidros para portas e janelas, vidros laminados e temperados, vidros para box de banheiros, box temperado, vidros para controle do sol e jateados, vidros de segurança, etc.

É importante ressaltar que cada especialidade pode estar ligada à região onde se localiza o estabelecimento. Ou seja, cada região tem as suas necessidades e preferências por determinados produtos. Levantamentos apontam que as cidades do Sudeste e Sul, por exemplo, optam pela obtenção do vidro laminado. Já nas regiões Centro Oeste, Norte e Nordeste a procura por esse tipo de produto é quase inexistente.

Outro ponto importante é avaliar a facilidade do acesso a partir do perfil da clientela e considerar fluxo de veículos de grande porte para carga e descarga de produtos. O local escolhido para abrir o estabelecimento deve oferecer estacionamento próprio ou a parcerias com estacionamentos na redondeza.

A publicidade do estabelecimento é essencial, principalmente nos guias e veículos de mídia da região onde se localiza a loja.   Divulgue os serviços em jornais, guias comerciais e sites de bairro, listas telefônicas, revistas e capriche na fachada da loja. É importante também investir em marketing digital (campanhas em sites de busca e mídias sociais) como meio de divulgação da marca e interação com o público que procura por esses serviços.

O que é preciso para montar uma vidraçaria?

O estabelecimento deve ter infraestrutura adequada e condições que propiciem o desenvolvimento do trabalho. A estrutura de uma vidraçaria deve ser composta por uma área de atendimento com showroom, área para corte e processamento dos pedidos, espaço para depósito, além de um pequeno escritório para administração.

Os setores de atendimento e showroom devem possibilitar a exposição dos diversos tipos de vidros ofertados e proporcionar bem-estar ao cliente. O escritório da administração pode ser pequeno, bastando um espaço suficiente para a realização das atividades básicas de relacionamento com fornecedores, registros e controles sobre o negócio.

Em termos de equipamentos para o andamento do negócio, é preciso ter a mesa de madeira e diamante para corte, lixadeira e furadeira, telefone, fax, computador e um carro grande como SUV ou um pequeno caminhão. A área adequada para a instalação da loja deve ter entre 60m² e 100m², dependendo do valor do investimento que se pretende fazer e o número de clientes que se pretende atender.

Quanto devo investir?

Estima -se que para uma pequena ou média loja de vidros necessite de um investimento inicial de 20 mil. Já para uma vidraçaria de porte grande, os investimentos são a partir de 50 mil. Mas não se pode incluir os gastos voláteis como equipamentos necessários, mercadorias, estoque, aluguel, água, luz, telefone, taxas de impostos, funcionários fixos e temporários.

Qual o faturamento médio mensal de uma vidraçaria?

O faturamento médio mensal do pequeno ou médio empreendedor de vidraçaria, pode ser de 10 a 20 mil reais. Já, as vidraçarias localizadas em grandes centros podem dobrar essa renda. Mas é bom não confundir faturamento com lucro, o lucro irá depender de uma boa gestão de estoque e fluxo de caixa.

Regulamente a abertura da sua empresa

Procure um contador que possa lhe auxiliar a abrir o seu negócio ou vá à prefeitura da sua cidade registrar a empresa. O registro também deverá ser realizado na Junta Comercial, Secretaria da Receita Federal, Secretaria da Fazenda, INSS e Sindicato Patronal.

Fonte:
Abravidro: https://abravidro.org.br/punoticias/panorama-abravidro-2017-consumo-de-vidros-cai-118-no-brasil/ ).

Escreva um Comentário

seis + dezenove =

TOPO