Curiosidades

Quais produtos uma vidraçaria pode vender

Uma vidraçaria é uma empresa que atualmente pode ter uma boa margem de lucro. Mas para isso é necessário ter em catálogo um número diversificado de produtos.

Vidraçaria instala vidro. Sim, mas pode não ser só isso. Atualmente, a tendência é diversificar e ter em catálogo itens que se relacionem com o produto principal. Quer um exemplo? Molduras funcionam muito bem numa vidraçaria.

E a explicação é simples: o espelho é um dos itens que as pessoas encontram em uma vidraçaria, mas se para além dele, a moldura for oferecida, as chances do cliente levar os dois, é uma aposta ganha. Outro exemplo da importância da diversificação são os cubos de vidro, muito usados na decoração de lavabos com requinte e sofisticação.


Mas quais os produtos que uma vidraçaria pode vender?

Vamos pensar em vidros. Vidros não são todos iguais e para cada aplicação há um específico. Além disso, vidros podem ser decorativos. Uma vidraçaria deverá ter em atenção à toda esta diversidade, e investir num catálogo com vários produtos.

Opacos, espelho e vidro refletido, craquelado, são alguns dos exemplos que são essenciais para quem quer ter uma vidraçaria de sucesso. Para quem procura privacidade, os vidros opacos são a melhor sugestão. Este tipo de vidro é muito recomendável para boxes de banheiro, divisórias em ambientes, em espaços comerciais e em casa.

Já os laminados são muito usados em varandas, pisos de vidro, cobertura por sua boa proteção contra raios UV. Este tipo de vidro impede o estilhaçamento ao ser quebrado. É uma medida de segurança bastante importante, que consta em norma dependendo da aplicação, é importante também deixar claro isso para seu cliente se sentir mais seguro.

Mas se o objetivo do consumidor for resistência, o vidro temperado é uma das melhores opções. Pelo menos cinco vezes, mais resistente do que um vidro comum, em caso de quebra, oferece segurança, reduzindo em muito a possibilidade de ferimento. É muito usado em portas e vitrines.

Mas vidros não precisam só ser transparente. Esta é a proposta do vidro acidado. Estes tipos de vidro poderão ser produzidos de duas formas: artesanal e industrial. Os desenhos, formas e texturas geométricas são conseguidos pela ação de uma solução ácida.

Poderá ser usado, por exemplo, em tampos de mesa e mobiliários em geral. Para além dos vidros, as vidraçarias devem ter em catálogo espelhos, e não só o que já estão prontos, mas também feitos sob medida para atender a necessidade do cliente.

E não esqueça de tendências e inovações. O magic mirror é um bom exemplo e oferece para o cliente um espelho que tem a TV embutida. Ótima solução para banheiros de suítes e divisórias. Além de ser prático, é bonito!

Superfícies espelhadas sempre dão a sensação de que o espaço é maior e as inovações nas técnicas de espelhagem permitem diminuir o efeito da oxidação e o aparecimento de manchas. E a diversidade do espelho, poderá ser vista nas cores: do incolor ao verde, do azul ao bronze.

Cores e novas formas devem estar presente nos produtos que uma vidraçaria poderá vender. Vidro colorido é uma opção e as cores disponíveis são cinza, bronze, verde e azul.

Por exemplo, o vidro craquelado, que poderá ser aplicado em aparadores; tampas e pernas de mesas e em divisórias de ambientes. No processo de produção deste tipo de vidro, o aspecto craquelado é conseguido através da quebra do vidro temperado interno é quebrado, e seus fragmentos aderem a película plástica, ficando. preso às lâminas externas. O efeito visual é muito interessante.

Assim, como o efeito do vidro serigrafado, um vidro temperado com uma resistência superior até na fricção com elementos pontiagudos.  E quanto as formas? O vidro também poderá ser curvo. Com várias inclinações e moldados de várias formas.

Escreva um Comentário

quinze − 13 =

TOPO