Tag

janelas

Procurando

Nós dias 06 e 07 de julho mais uma turma foi qualificada na elaboração de projetos, folgas e cálculos para trabalhar em beneficiadora de vidros (têmperas), vidraçarias e no mercado da construção civil.
Os alunos aplicaram conceitos precisos sobre, cálculos para conhecimentos de elaboração de folgas definitivas para projetos de vidros temperados, discutindo os prós e contras de como elaborar um projeto de vidros dentro da conformidade.
ANAVIDRO-qualifica-primeira-turma-no-novo-curso-de-projetos,-folgas-e-cálculos_1
Cada aluno agora está capacitado com conceitos fundamentais de aplicação para vidros temperados na construção civil divisão engenharia, com instalações e tipologias prontas para tirar dúvidas de boxes, janelas, portas de giros, portas de correr, basculas, maxim-ar e outros.
ANAVIDRO-qualifica-primeira-turma-no-novo-curso-de-projetos,-folgas-e-cálculos_2
ANAVIDRO-qualifica-primeira-turma-no-novo-curso-de-projetos,-folgas-e-cálculos_4
ANAVIDRO-qualifica-primeira-turma-no-novo-curso-de-projetos,-folgas-e-cálculos_3
A ANAVIDRO agradece a cada aluno por ter participado do curso de Projetos, Folgas e Cálculos.

Veja todas as fotos do curso em nosso Facebook clicando >> AQUI <<

A FESQUA 2016 chega à sua 11ª edição consolidada como o maior evento de Esquadrias, Ferragens e Componentes da América Latina.
A feira vem sendo um verdadeiro e poderoso centro gerador de negócios e oportunidades lucrativas para as empresas expositoras, visitantes e potenciais compradores desse mercado.FESQUA-2016-Uma-das-maiores-feiras-do-segmento-vidreiro-está-chegando-615x340
 
Apresentando novas soluções e tecnologias para o segmento, a FESQUA trará inovações em portas, janelas, fachadas, portões, fechaduras, vidros, maquinário e equipamentos de ponta para a indústria.
De 21 a 24 de setembro de 2016, venha para a FESQUA, evento que se tornou o grande encontro do mercado de esquadrias dentro da construção civil. Venha fazer parte ativa desse amplo conjunto de itens indispensáveis, que contribuem significativamente para o sucesso e a qualidade das edificações.
As melhores soluções em esquadrias, fachadas, vidros e arquitetura reúnem-se na FESQUA.
 
Faça sua inscrição aqui –>>INSCRIÇÕES<<—
Venha participar!
 
Fonte: FESQUA

Um material vitrocerâmico transparente, de grande dureza e baixa densidade, com potencial para substituir os vidros comuns utilizados nas telas de tablets e smartphones ou os vidros blindados utilizados em veículos, edifícios e viseiras de capacetes: este foi o resultado de estudo desenvolvido por Leonardo Sant’Ana Gallo, doutorando em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Sua apresentação oral, “Correlation between crystallization, microstructure and mechanical properties of MgO-Al2O3-SiO2 glass-ceramics” (Correlação entre cristalização, microestrutura e propriedades mecânicas de vitrocerâmicas do sistema MgO-Al2O3-SiO2), foi premiada como uma das cinco melhores apresentações feitas por pesquisadores com menos de 40 anos, no 11º International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids (11o Simpósio Internacional sobre Cristalização em Vidros e Líquidos), em Nagaoka, Japão. Tal simpósio é uma das mais tradicionais e importantes reuniões científicas internacionais na área de vidros.
Vitrocerâmica-poderá-substituir-as-telas-atuais-dos-smartphones_2
O trabalho apresentado foi produzido no âmbito da pesquisa “Propriedades mecânicas de vitrocerâmicas do sistema CaO-MgO- Al2O3-SiO2”, realizada na UFSCar, sob orientação dos professores Edgar Dutra Zanotto e Ana Candida Martins Rodrigues, e na Université de Rennes 1, na França, sob orientação do professor Tanguy Rouxel. Gallo contou com Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) da FAPESP.
“Devido às suas características – transparência, dureza e baixa densidade –, essa vitrocerâmica tem um grande potencial de aplicação. Com ela, seria possível, por exemplo, produzir smartphones com telas mais finas, o que contribuiria para a diminuição do peso dos aparelhos. Ou janelas à prova de balas mais leves e tão eficientes quanto as que possuem os vidros blindados atuais”, disse o pesquisador à Agência FAPESP.

Vitrocerâmica também é utilizado em Cooktop.
Vitrocerâmica também é utilizado em Cooktop.
Se atingida por um projétil, por exemplo, a peça se romperia, mas, ao romper, absorveria a energia do projétil, de modo que este não a atravessaria.
A vitrocerâmica é um vidro que passa por um processo parcial de cristalização. O vidro comum é um material amorfo, que não apresenta fases cristalinas. Já a vitrocerâmica possui formações cristalinas distribuídas pelo meio amorfo. “São as fases cristalinas que determinam suas características especiais”, afirmou Gallo.
Para obter a cristalização, a mistura de óxidos é submetida a dois tratamentos térmicos: um no patamar próximo de 700 graus Celsius e outro no patamar de 900 graus Celsius. “O interessante foi que conseguimos um material que continua transparente após a cristalização. Isso não é comum, nem fácil de se obter. Geralmente, após cristalização, os materiais ficam opacos”, acrescentou o pesquisador.
 
O que você achou? Deixe seu comentário logo abaixo.
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus
 
Fonte: abividro

A Adespec, fabricante de selantes e produtos químicos direcionados ao setor vidreiro lançou dois novos produtos: o restaurador de superfícies Aquabrilho e o revestimento protetor de superfícies AquaCristal.
A revista Tecnologia & Vidro testou o AquaCristal no veiculo da redação final da editora., Nos vidros o produto foi borrifado por dentro e por fora. Sendo seguidas todas as recomendações do fabricante, ou seja, borrifar o produto e em seguida passar um pano limpo até que todo o produto desaparecesse sobre a superfície.
Aquacristal-Conheça-o-revestimento-protetor-de-superfícies_1
O veículo rodou por duas semanas em ruas urbanas e em estradas. Durante esse período os usuários  perceberam que a remoção de fezes de pássaros sobre o capô podia ser feita com maior facilidade com um pano úmido apenas.
Após as duas semanas o veiculo foi levado para um lava-jato, os profissionais apenas jogaram água em alta velocidade (com esguicho tipo wap) sobre o capô. Após alguns momentos para secagem do capô foi possível perceber que a sujeira ainda permanecia em uma camada fina.
Aquacristal-Conheça-o-revestimento-protetor-de-superfícies_2
Os profissionais do lava-jato comentaram que o produto possui boa qualidade e é similar a outros produtos destinados à área automotiva que eles já haviam testado no local. Garantiam que a sujeira poderia ser retirada sem esforço, apenas esfregando um pano úmido após o esguicho de água.
Segundo as Adespec, o Aquacristal é recomendado para aplicações em janelas, tampos e portas de vidro, boxes, vidros automotivos, spas, academias e centros esportivos.
 
O que você achou? Deixe seu comentário logo abaixo.
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus
 
Fonte: vidros

A AGC Vidros do Brasil, primeira unidade na América Latina da AGC Vidros, líder mundial na produção de vidro plano, traz ao mercado uma gama de vidros antibactéria capaz de eliminar 99,9% das principais bactérias encontradas em ambiente hospitalar, além de prevenir proliferação de fungos, segundo testes da Universidade Livre de Bruxelas (Bélgica) e The Salford University (Reino Unido). A solução, indicada para hospitais, clínicas entre outros ambientes já conquistou diversos prêmios de inovação científica pelo mundo.
Vidro-Antibactéria-Vidro-alinha-estilo-e-eficiência-em-hospitais_1
O segredo é uma técnica desenvolvida e patenteada pela AGC que consiste na difusão de íons de prata nas camadas superiores do material. Ao interagir com essas partículas, as bactérias têm seu metabolismo desativado e sua divisão mecânica interrompida, o que acaba por destruí-las.
O resultado é um produto ideal para utilização em locais onde a assepsia é vital para a saúde de pacientes e médicos, como unidades de tratamento intensivo, de tratamento de câncer, recepções de hospitais e em salas de cirurgia e procedimentos.
Vidro-Antibactéria-Vidro-alinha-estilo-e-eficiência-em-hospitais_2
O valor estético não foi deixado de lado. Os vidros antibactéria da AGC podem ser encontrados em diversas cores e também sob a forma de espelho antibactéria, o que os torna adaptáveis a uma infinidade de ambientes, principalmente os de grande circulação.
Os vidros antibactéria, quando utilizados em janelas e portas externas, alinham à tendência dos hospitais de aumentar o uso do vidro em geral em sua arquitetura, uma vez que o material permite a passagem de luz, dando aos pacientes maiores oportunidade de contato com o mundo exterior e, consequentemente, humanizando a internação.
Vidro-Antibactéria-Vidro-alinha-estilo-e-eficiência-em-hospitais_3
“Este modelo de vidro pode ser utilizado em janelas, divisórias e portas encaixilhadas ou com persianas internas, como revestimento de parede e de móveis (quando pintado), como espelho bactericida e ainda como Box de banho, quando encaixilhado”,  diz Katia Sugimura, consultora externa da empresa. “O material remete à modernidade e é tendência em locais onde há necessidade de maior rigor de higiene”, completa. ​
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus

Já pensou poder eliminar a água acumulada no Box do banheiro ou então da chuva nas janelas com um simples apertar de botão?
Esta é a proposta da marca alemã Karcher, que atua há 40 anos no Brasil e é desenvolvedora de um kit limpa janelas WV 50 Plus e um borrifador com flanela de microfibra.
Segundo a direção da empresa, o WV 50 Plus, é ideal para uso em janelas, espelhos, superfícies lisas e de vidro. O aspirador vem com um sistema de sucção de água e um reservatório, além disso, é fabricado com bateria de lítio iônico e com acessórios que não deixam resíduos ou marcas no vidro.
Empresa-desenvolve-kit-limpa-janelas-portátil-e-a-bateria_1
Para obter a limpeza total das janelas deve-se usar primeiramente o borrifador com o pano de microfibra, inserindo o liquido de limpeza da Karcher (fornecido com o kit) ou qualquer outro produto destinado à limpeza de vidros.
Após este processo é que o aspirador entra em cena, secando toda a superfície da esquadria.
Para facilitar ainda mais a higienização das janelas, há acessórios como bicos de aspiração, bolsa de apoio, lábios de sucção, Mops (panos de limpeza em microfibra), Power Supplies (carregador de energia), prolongamentos, entre outros itens, disponíveis separadamente para venda no site da merca.
Veja o vídeo explicativo do processo:
Fonte: Revista – Contramarco – Nº 111
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus

O crescimento do setor da construção civil nos últimos anos tem contribuído significativamente para o aumentado de aberturas de empresas dos segmentos de serralheria, vidraçaria e comunicação visual. Porém, o índice das empresas destes segmentos que iniciam suas atividades é tão grande quanto o número que se endividam, segundo o professor e coordenador do curso Alexandre Araujo. Para ajudar a modificar este cenário conflitante, o Canal do Serralheiro está com inscrição aberta para o curso Gestão Empresarial para Serralheria, Vidraçaria e Comunicação Visual, no Rio de Janeiro, onde as aulas têm duração de 16 horas.
Para o professor, os empresários com apenas conhecimentos de portas, janelas, box, espelhos, letreiros ou fachadas de lojas, não conseguirão fazer com que o seus negócios sejam bem sucedidos. Ele ainda classifica a falta de escolaridade e a inexperiência de gestão dos gestores como as principais causas que ocasionando situações de endividamento e comprometem a sobrevivência do negócio.
Inscrições-abertas-Curso-de-gestão-empresarial-para-serralheria,-vidraçaria-e-comunicação-visual.
“Conheço várias pessoas que montaram empresas nos segmento de serralheria, vidraçaria e comunicação visual, confiantes de que o negócio daria muito lucro. Realmente pode dar, mas por outro lado, com o passar dos anos, pode dar muito prejuízo, especialmente se não souberem administrar profissionalmente o negócio”, explica o professor Araujo
Sérgio Martins, diretor da empresa Brasil Glass Rio, promotora do curso, concorda com o professor Araujo e completa: “Administrar uma serralheria, vidraçaria, comunicação visual ou qualquer outro negócio necessita de conhecimentos em gestão de pessoas, produção, logística, financeiro, marketing e outras especialidades que exigem competências administrativas do gestor”, explica Martins.
Curso_Gestao_Empresarial
O curso promovido pelo Canal do Serralheiro e Brasil Glass Rio desenvolve habilidades nos participantes para aplicar soluções práticas administrativas e aumentar a visão geral do negócio. A capacitação será ministrada em quatro encontros, sextas-feiras e sábados, das 08h00 às 12h00. O investimento total é de R$ 429,00, podendo ser parcelado com cartão de crédito. No site do curso tem uma promoção temporária para os primeiros que se inscreverem.
O curso será realizado na sede da Brasil Glass Rio, localizada na Av. Guilherme Maxwell, 480 – Bonsucesso – Rio de Janeiro – RJ. Mais informações no www.cursodegestaoempresarial.com.br ou pelo telefone (21) 3276-5501 ou 3277-3829.
PROGRAMA:
– Organização das Empresas: O que é uma empresa; O papel da administração; Objetivos de uma empresa.
– Histórico e Fundamentos da Administração: Teorias da administração; Administração de processos organizacionais; Sistema de informações; Habilidades do administrador; Administração por objetivos e autocontrole.
– Planejando seu Negócio: Tomada de decisões; Reuniões de trabalho; Fatores estratégicos; Plano de negócios.
– Administração da Produção e de Materiais: Controle e programação da produção; apontamentos de horas produtivas; Compras produtivas e improdutivas; Controle de estoques.
– Administração Financeira: Gestão de custos; Fluxo de caixa; Retorno do investimento.
Gestão de Pessoas: Cargos e salários; Trabalho em equipe; liderança.
– Marketing e Vendas: Atendimento; Metas de vendas; Previsão de vendas; Marketing de nicho; Propaganda; Mídias digitais.
 
Serviço

Curso de Gestão Empresarial para Serralheria, Vidraçaria e Comunicação Visual

Data: 10, 11, 17 e 18 de abril – 08h00 às 12h00

Local: Espaço Brasil Glass Rio – Av. Guilherme Maxwell, 480 – Bonsucesso – Rio de Janeiro – RJ
Inscrições
: Investimento: R$ 429,00
Informações e inscrições: (21) 3276-5501 | 3277-3829 –  falecom@canaldoserralheiro.com.br
 
Sobre o Canal do Serralheiro – O Canal do Serralheiro promove treinamentos, projetos e consultoria para empresas em todo o Brasil possibilitando a formação e qualificação de trabalhadores em diversos segmentos da serralheria. Os treinamentos e consultoria, além de atenderem a um grupo de pessoas com interesses incomuns, podem ser preparados sob medida para uma empresa, mediante um diagnóstico realizado por um técnico do Canal do Serralheiro.
 
Organizacao_Realizacao_Apoio_ANAVIDRO_2

O Amethist Hotel, um projeto do escritório NL Architects, com formato de geodo de ametista (pedra bruta com cavidade de gemas preciosas), usará o vidro para imitar o quartzo.
Planejado para ser erguida na Ocean Flower, a ilha artificial vai ser construída próxima à cidade de Hainan, o hotel terá uma organização semicircular em torno de um grande vazio.
A fachada de vidro permiti a fácil visualização em diferentes tons de roxo. As janelas serão formadas por grandes painéis dispostos de forma angular, para que a experiência de estar dentro de uma pedra preciosa seja completa.
Hotel-na-china-será-construído-em-formato-de-pedra-preciosa-com-fachada-de-vidro_1
Hotel-na-china-será-construído-em-formato-de-pedra-preciosa-com-fachada-de-vidro_2
Hotel-na-china-será-construído-em-formato-de-pedra-preciosa-com-fachada-de-vidro_3
Hotel-na-china-será-construído-em-formato-de-pedra-preciosa-com-fachada-de-vidro_4
Hotel-na-china-será-construído-em-formato-de-pedra-preciosa-com-fachada-de-vidro_5
Fonte: abravidro

Limpar os vidros das janelas nem sempre é tarefa simples não é verdade?
Todo aquele trabalho pesado agora se tornou mais fácil, já está no Brasil o Winbot, o robô que grudado nos vidros, é capaz de fazer a limpeza de forma descomplicada, economizando horas de seu precioso tempo.
Winbot--O-robô-que-limpa-vidros-e-janelas-com-apenas-um-botão.
Winbot é o único robô limpador de vidros do mundo que:
– É extremamente fácil de usar e tem manutenção simples!
Limpa superfícies de vidro com e sem moldura
– Limpe portas de vidro, janelas e boxes com facilidade
– Fácil de usar: apenas um botão para funcionamento
– Possui cabo de extensão para aumentar a segurança do equipamento
– Detecta automaticamente o tamanho da sua janela
– Alta capacidade de sucção, suporta até 13 kg
– Alcance de limpeza de 5 metros
– Controle remoto incluso, controle o Winbot de acordo com sua necessidade
– Aviso sonoro ao término do trabalho
– Baixo ruído, apenas 55 decibéis.
O produto foi lançado no começo do ano no exterior e chegou agora ao Brasil com o preço de R$ 1.799.
Fonte: VITRÔ – Edição 45

A Primeira Igreja Batista de Curitiba decidiu fazer grandes vitrais em suas 19 janelas, com o objetivo de gerar um ambiente propício à reflexão. A técnica utilizada na igreja é uma moderna impressão digital, que é capaz de criar um jogo de sobra e luz, com variações de texturas e cores características dos vitrais.
Foram quase três anos de pesquisa, planejamento e execução desta que seria uma das partes mais desafiadoras da construção da Igreja. A principal questão em jogo era unir o padrão estético do vitral com a exigência do conforto térmico e acústico. “Só com o uso de Sistemas Glazzing em vidros insulados com impressão digital é que conseguimos o resultado que satisfizesse a nossa demanda”, explica Túlio Dias, engenheiro da Primeira Igreja Batista de Curitiba.

Igreja em Curitiba utiliza impressão em vidro em seus vitrais.
Igreja em Curitiba utiliza impressão em vidro em seus vitrais.
A Rissi Fachadas e Esquadrias foi responsável pela produção e instalação das peças de vidro das 19 janelas da Igreja, trabalho que durou um ano e meio.
No total, foram usados 3.400 m² de chapas de vidro para compor cerca de 600 m² do produto final. Cada peça de vidro, que forma os painéis da Igreja, tem 51 mm de espessura e pesa cerca de 300 kg. Isso porque as peças são formadas por cinco lâminas de vidro na composição do vidro insulado, entre as quais estão os vidros float incolor, incolor acidado, extra clear e uma camada de gás argônio.
Igreja-em-Curitiba-utiliza-impressão-em-vidro-em-seus-vitrais_2
Os painéis das janelas têm medidas variadas, mas o maior deles possui 22 metros de altura e é formado por 28 peças de vidro. O coordenador de projetos da Rissi, Diego Rodrigues, explica que foram usadas 192 peças para compor todas as janelas da Igreja. Cada uma delas tem dimensões de 2.000 mm x 1.600 mm, e levou cerca de 4,5 horas para ser impressa.
Igreja-em-Curitiba-utiliza-impressão-em-vidro-em-seus-vitrais_4
Com as artes finalizadas, o setor de projetos da Rissi fez o posicionamento das imagens e as dividiu nos painéis para a impressão das peças de vidro. Mas, antes da impressão, os vidros foram cortados, lapidados e lavados duas vezes para garantir uma perfeita adesão da tinta. Após a impressão, as peças foram para um forno especial, com temperatura aproximada entre 180 ºC e 210 ºC para a cura da tinta. E, por fim, foi feita a laminação e a insulação do vidro, antes de ele ser instalado na janela.
Igreja-em-Curitiba-utiliza-impressão-em-vidro-em-seus-vitrais_3
Rodrigues explica que a tinta usada foi desenvolvida com nanotecnologia e tem partículas tão pequenas que penetram na porosidade dos vidros. “Além da qualidade da tinta utilizada, esta obra está protegida 100% dos raios UVA e UVB através de quatro lâminas de vidros e três lâminas de PVB. Garantindo ainda mais durabilidade”, completa o coordenador de projetos.
O que achou do Projeto da Igreja Batista de Curitiba ? Deixe seu comentário logo abaixo.
 
Fonte: vidros

TOPO