Tag

Vidraceiro

Procurando

De espírito empreendedor nato, Claudio Luis Acedo montou seu primeiro negócio com apenas 15 anos de idade. Alguns anos depois ingressou na Mansur Vidros, empresa de seu pai, amigo e fiel apoiador. Já tradicionalmente conhecida pela distribuição e instalação de vidros de obras ícones de São Paulo e hoje uma das mais antigas do setor,  a empresa iniciou seu auge em 2006 com um pioneirismo no desenvolvimento de envidraçamento de sacadas com mais segurança e realizando um trabalho de conscientização e esclarecimentos em condomínios.
Mansur Vidros,  então, deu um salto, saindo de 20 para 200 funcionários tornando-se referência no mercado e aumentando seu leque de fabricações de outros produtos que hoje compõem a empresa.
Em 2011 veio mais um grande passo com a construção de uma planta no Chile, dando início à internacionalização da companhia. Aos 38 anos e com cerca de 20 anos de experiência no setor vidreiro, Acedo marca sua trajetória e começa uma nova fase de sua carreira a frente da Associação das Vidraçarias ANAVIDRO-SP e Nacional, trazendo uma nova proposta de interação entre todos os elos da cadeia e estreitando o relacionamento com o vidraceiro, com foco na qualificação profissional da classe em todo Brasil através de parcerias que buscam alavancar nosso mercado.
Novo-presidente-da-ANAVIDRO-adianta-seus-planos-para-a-associação
Em conversa exclusiva com a revista Vidro Impresso, o novo presidente da ANAVIDRO adianta seus planos para a associação.
Quais são suas propostas para fortalecer a cadeia do vidro e aumentar o nível dos profissionais e vidraçarias?
A ANAVIDRO, em seus dez anos de existência, sempre foi a única ponte entre o vidraceiro e a cadeia produtiva e solidificou seu nome no mercado com o Prêmio ANAVIDRO. A grande contribuição para o mercado é entender o quanto este prêmio ajuda no seu dia a dia, os participantes dedicam esforços para atender melhor o vidraceiro em todos os aspectos, durante o ano inteiro, esperando ter o reconhecimento em forma de voto e garantir a premiação máxima do evento. A metodologia até então foi acertada, mas agora é hora de dar um passo adiante.
Um de nossos objetivos é criar espaços para ouvir mais o vidraceiro, como fóruns de discussões presenciais, cuja interação é benéfica para ambas as partes, pois a indústria tem a oportunidade de entender as necessidades de seu cliente, que por sua vez vê seus anseios sendo ouvidos e desenvolvidos pelos fabricantes.  Planejamos aumentar o acesso a  cursos em todo o país, promover palestras, conferências e eventos com a finalidade de gerar mais interação do setor como um todo. As mudanças se estendem inclusive para o Prêmio Destaque ANAVIDRO, as quais ainda estão em fase inicial de estruturação. Os associados terão vantagens diferenciadas e mais acessíveis a todo este pacote de benefícios.
Como trazer os cursos para outros estados mais carentes de qualificação fora do eixo Rio-São Paulo?
Vamos intensificar as ações nas associações regionais e aumentar a atuação da ANAVIDRO a partir do momento que estabelecermos um formato para ser replicado, além de firmar parcerias locais para viabilizar os cursos e eventos nessas regiões. O mercado é carente de qualificação e de eventos específicos. Este planejamento será ainda estruturado para ser colocado em prática a partir de 2017. Vamos trabalhar para que os cursos cheguem até os vidraceiros de outros estados.
Qual o porquê dessa aproximação com o consumidor final?
A melhor forma de educar o vidraceiro é conscientizando o consumidor final, conscientizar sobre a qualificação que ele deve buscar neste profissional. É através dele que o vidraceiro elevará seu nível de qualidade ao ser cobrado na hora da venda. Comunicar-se com este consumidor final e mostrar a importância de um profissional qualificado é um desafio que vamos superar através de  maior comunicação na mídia, principalmente as digitais.
Qual é hoje a maior falha dos profissionais de vidraçarias a ser superada para elevar o nível do setor?
É comum quem está hoje à frente de uma vidraçaria não se preparar para administrar. O profissional brasileiro em geral se preocupa com a parte técnica e não tem a tradição de ser empreendedor. Este é um ponto importante, pois um ótimo profissional de instalação, se não souber gerenciar não terá lucro ou não o lucro esperado. Com uma administração correta terá lucro sem burlar as leis e procedimentos. Outro desafio, que parte desse domínio da gestão, é saber cobrar. Quanto mais conhecimento o vidraceiro tem, mais ele vende valor, e não preço.
Por isso é importante também saber agregar valor ao serviço, muitas ações não demandam custos adicionais, já que um bom atendimento é questão de postura, que começa em pequenos detalhes, como a apresentação, uniformes e uso dos equipamentos adequados de segurança.
O que esperar da ANAVIDRO e como começará a nova gestão?
A ANAVIDRO vem para quebrar paradigmas, aproximar todos que lutam pelo setor sem qualquer distinção, e agora precisará do apoio do vidraceiro para que faça parte da associação, para que juntos possamos aumentar sua voz e atingir os anseios de um setor imenso. Nosso planejamento já começou e em breve muitas novidades agitarão o mercado.
Fonte: vidroimpresso

Entre os dias 12 e 13 de Julho, aconteceu na sede da ANAVIDRO mais uma edição do curso de projetos e aplicação de vidro temperado, nível básico. Todos os conceitos precisos sobre, cálculos para a elaboração de folgas definitivas para projetos de vidros temperados os alunos aprenderam como realizar.
Cursos-ANAVIDRO--Edição-fecha-o-mês-de-julho-com-participação-de-ilustre-de-representantes-da-AL-Puxadores-e-UBV_1
O material disponibilizado do sistema de cálculos é completo, o que auxilia e muito os vidraceiros durante a elaboração de projetos, contribuindo para a diminuição dos erros de corte, folgas e espessuras. Nessa edição contamos com a presença do Sr. Max Le-Leuxhe, presidente da AL Puxadores, que acompanhou de perto as dúvidas dos alunos e mostrou soluções de sua empresa para o mercado.
Cursos-ANAVIDRO--Edição-fecha-o-mês-de-julho-com-participação-de-ilustre-de-representantes-da-AL-Puxadores-e-UBV_2
Cursos-ANAVIDRO--Edição-fecha-o-mês-de-julho-com-participação-de-ilustre-de-representantes-da-AL-Puxadores-e-UBV_3
Contamos também com a presença de Diego Mota da UBV, que veio mostrar a gama de produtos diferenciados e exclusivo da empresa para o mercado de decoração e construção civil.
Cursos-ANAVIDRO--Edição-fecha-o-mês-de-julho-com-participação-de-ilustre-de-representantes-da-AL-Puxadores-e-UBV_4
A ANAVIDRO agradece a todos que participaram de mais uma edição do curso de projetos e aplicação de vidro temperado.

Veja todos as fotos do curso em nosso Facebook >> CLIQUE AQUI <<

Com a campanha comece a obra pelo vidraceiro, a Revista Tecnologia & Vidro com o apoio da ANAVIDRO e do Grupo Setor Vidreiro, quer divulgar o fato de que o profissional vidraceiro bem preparado pode assessorar quem constrói e sugerir soluções que podem resultar em:
Campanha-comece-a-obra-pelo-vidraceiro--Vantagens-para-usuários-de-vidros
– Agilidade na construção ou reforma;
– Bloqueio da radiação UV, responsável pelo desbotamento de pisos, móveis e cortinas;
– Bloqueio do calor na medida certa;
– Bloqueio de som;
– Durabilidade e ausência de manutenção;
– Economia de energia elétrica;
– Economia de recursos financeiros;
– Impressão de cores, desenhos e imagens fotográficas;
– Limpeza no canteiro de obras;
– Melhor aproveitamento de espaço;
– Redução no desperdício de materiais,
– Sensação de maior amplitude;
– Sustentabilidade.
Participe-da-Campanha-de-valorização-profissional--Comece-sua-obra-pelo-vidraceiro
Talvez sua experiência com vidraceiros não tenha sido muito boa e você não acredita nessa possibilidade. Então não custa conferir.
Entre no site: www.comecepelovidraceiro.com.br.
Você além de ter informações básicas sobre o vidro, você pode incluir sua dúvida ou solicitar a visita sem compromisso de um profissional de apto a lhe assessorar.

Com a campanha comece a obra pelo vidraceiro, a Revista Tecnologia & Vidro com o apoio da ANAVIDRO e do Grupo Setor Vidreiro, quer fornecer ferramentas, informações estratégicas e investir em sua formação para que você ou sua vidraçaria estejam habilitados a assessorar seus clientes potenciais no inicio e não no fim das obras.
Campanha-comece-a-obra-pelo-vidraceiro--Vantagens-para-usuários-de-vidros
Queremos contribuir para mudar a realidade atual na qual a vidraçaria é consultada apenas na parte final de obras, quando:
– As verbas já estão comprometidas;
– Os responsáveis já consultaram outros profissionais que intermediam e leiloam a colocação de vidros;
– Outro material já foi adotado no lugar do vidro, mesmo que este ultimo pudesse promover melhor performance para a obra, com instalação rápida, limpa e, muitas vezes, com melhor custo.
Solução Proposta:
Vidraçarias proativas, com profissionais que não ficam esperando atrás do balcão os clientes aparecem ou ligarem
Vidraçarias com profissionais aptos a assessoria, previamente, arquitetos, engenheiros e ao construtor sobre as melhores soluções para que sua obra aproveite ao máximo o que o vidro tem a oferecer.
Como?
Participe-da-Campanha-de-valorização-profissional--Comece-sua-obra-pelo-vidraceiro
A campanha irá fornecer, gratuitamente, argumentos de vendo do tipo: “Quanto custa o fechamento de um vão com vidros temperados em comparação com o fechamento com parede com pintura?”. Ou ainda: “Em dez anos de utilização, quais deverão ser os custos de manutenção de um fechamento com vidros e de uma parede com pintura?”; e outras desse tipo para utilizá-las no momento de assessorar seus clientes.
Receba ainda dicas, tabelas com cálculo automático e assista a vídeos que iremos reunir nesse site.
A campanha ainda pretende evoluir ao ponto de agendarmos visitas a potenciais clientes, caso sua vidraçaria seja uma participante ativa e comprovadamente eficiente.
Como participar?
Cadastre-se no site: www.comecepelovidraceiro.com.br
Aqui você encontra informações iniciais que iremos incrementar no decorrer da campanha, notificando-o a cada novidade acrescentada.

A Revista Tecnologia & Vidro, com apoio da Associação Nacional de Vidraçarias (ANAVIDRO) quer divulgar o fato de que o profissional vidraceiro bem preparado pode assessorar quem constrói e pode sugerir soluções que podem resultar em:
– Agilidade na construção ou reforma;
– Bloqueio da radiação UV, responsável pelo desbotamento de pisos, móveis e cortinas;
– Bloqueio do calor na medida certa;
– Bloqueio do som;
– Durabilidade e ausência de manutenção;
– Economia de energia elétrica;
– Economia de recursos financeiros;
– Impressão de cores, desenhos e imagens fotográficas;
– Limpeza no canteiro de obras;
– Melhor aproveitamento de espaço;
– Redução no desperdício de materiais;
– Sensação de maior amplitude;
– Sustentabilidade.
Participe-da-Campanha-de-valorização-profissional--Comece-sua-obra-pelo-vidraceiro
Vantagens para Vidraceiros
Queremos contribuir para mudar a realidade atual na qual a vidraçaria é consultada apenas na parte final da obra, quando:
1-    As verbas já estão comprometidas;
2-    Os responsáveis já consultaram outros profissionais que intermediam e leiloam a colocação dos vidros;
3-    Outro material já foi adotado no lugar do vidro, mesmo que este último pudesse promover melhor performance para a obra, com instalação rápida, limpa e, muitas vezes, com melhor custo.
Solução proposta:
– Vidraçarias proativas, com profissionais que não ficam esperando atrás do balcão os clientes aparecerem ou ligarem.
– Vidraçarias com profissionais aptos a assessorar, previamente, arquitetos, engenheiros e ao construtor sobre as melhores soluções para que sua obra aproveite ao máximo o que o vidro tem a oferecer.
Como?
A campanha irá fornecer gratuitamente argumentos de venda do tipo: “Quanto custa o fechamento de um vão com vidros temperados em comparação com o fechamento com parede com pintura?”. Ou ainda: “Em dez anos de utilização quais deverão ser os custos de manutenção de um fechamento com vidros e de uma parede com pintura?”, e outras desse tipo para utilizá-las no momento de assessorar seus clientes.
Receba ainda dicas, tabelas com cálculo automático e assista a vídeos que iremos reunir nesse site.
A campanha ainda pretende evoluir ao ponto de agendarmos visitas a potenciais clientes, caso sua vidraçaria seja uma participante ativa e comprovadamente eficiente.
Como participar?
Cadastre-se no site www.comecepelovidraceiro.com.br .
Aqui você encontra informações iniciais que iremos incrementar no decorrer da campanha, notificando-o a cada novidade acrescentada.
Participe-da-Campanha-de-valorização-profissional--Comece-sua-obra-pelo-vidraceiro_logos

Hoje em dia quem escolhe um imóvel com sacada já pensa em criar uma extensão para lazer, não é mesmo? O fechamento de sacadas e varandas de edifícios residenciais cresce nas principais cidades do país.
Mercado-de-envidraçamento-de-sacada-em-alta-movimenta-a-indústria-de-vidros-e-esquadrias_1
Os moradores desejam aumentar a área útil, e com isso, valorizam ainda mais o imóvel e aumentam o conforto para receber amigos e parentes, e até mesmo pensam em usar o espaço para uma área gourmet adaptando uma área para refeições ligada diretamente com a cozinha, ou um local ainda mais aconchegante para descanso e leitura, enfim as possibilidades são muitas.
Mercado-de-envidraçamento-de-sacada-em-alta-movimenta-a-indústria-de-vidros-e-esquadrias_2
Mas envidraçar a varanda não é tarefa simples, é preciso se certificar de que a estrutura do prédio comporta os vidros na sacada e se possui concordância e padronização do condomínio. Nem todas as varandas são projetadas para receber um sistema de envidraçamento, o que pode ocasionar em uma carga de peso contínua sobre a estrutura.
Mas como evitar e está preparado para compreender esse risco?
Pensando nas dificuldades do dia a dia do vidraceiro a ANAVIDRO elaborou um curso de envidraçamento de sacada completo.
Nesse curso você terá uma ótima base com conceitos fundamentais de aplicação de sacada em vidro laminado e temperado na construção civil divisão engenharia.
Envidracamento-de-Sacada
No curso você aprenderá:
– Quais os acessórios para fazer a instalação do kit sacada;
– Matemática para medições de sacada;
– Normas técnicas para aplicação de envidraçamento de sacada;
– Aula prática de montagem para o kit de sacada;
– Estudo do prumo e do vão da sacada
– E muito mais…
Gostou? Se inscreva-se agora mesmo e acompanhe o aquecimento do mercado da construção civil. Para aqueles que tem qualificação na área já sai ganhando muito.
Não perca essa oportunidade, a ANAVIDRO possui os melhores valores de mercado além de ter desconto exclusivo para associados.

[button color=”green” link=”http://www.anavidro.com.br/formulario-cursos-anavidro/” size=”medium” target=”_blank” font=”arial” textcolor=”ffffff” texthcolor=”ffffff” bgcolor=”ffffff” hoverbg=”ffffff” align=”center” radius=”ffffff”]Faça sua Inscrição[/button]

O ponto de interrogação desta matéria foi introduzido após a apresentação da palestra do consultor Francisco Palácios Marin, no Segundo Encontro Nacional de Temperadores de Vidros, realizado no mês de julho em Atibaia (SP). A introdução de sua apresentação foi justamente questionar o título sugerido para sua palestra
Os organizadores sugeriram o título baseados em sugestões dos próprios transformadores, que apontavam os vidraceiros como o “elo mais fraco da corrente” e a “perna mais frágil do tripé composto por fabricantes, transformadores/distribuidores e vidraceiros”. A reportagem também já acompanhou reuniões de transformadores no qual o vidraceiro era jogado em uma vala comum.
Segundo Marin – que atuou 40 anos no setor vidreiro, começando na Santa Marina e dirigindo uma vidraçaria por 33 anos – essa visão pode estar distorcida. É claro que existem vidraceiros mal informados, que buscam somente o preço ou fazer somente serviços básicos; mas, segundo ele, não se pode generalizar.
Vidraceiro-o-elo-mais-fraco-da-corrente
Em sua palestra, Marin destacou primeiramente o fato de que os vidraceiros continuam sendo os maiores e principais clientes dos transformadores e distribuidores. Como consequência lógica, se estes querem ter suas empresas fortalecidas, devem investir para que seus clientes sejam fortes.
O palestrante explicou que, como presidente da ANAVIDRO, conseguiu ainda captar as necessidades de vários perfis de vidraceiros. “Os vidraceiros têm necessidades que muitas vezes não são objetivas, têm necessidades subjetivas que muitas vezes são difíceis de identificar exatamente”, explicou.
Respondendo à pecha de que os vidraceiros são carentes, melindrosos e ignorantes, o consultor explicou que não podemos tratar todo vidraceiro da mesma forma, porque existem vários profissionais e tipos. Os que estão dedicados à área da decoração, por exemplo, com uma clientela final diferenciada, lidam com o arquiteto e com o decorador para se pensar em casas ou apartamentos de alto padrão, comerciais ou residenciais.
Outro tipo de vidraceiro é o que se dedica um pouco mais a obras e instalações. Obras que podem ser prédios, edifícios, residências e envolvem vidros comuns, laminados, temperados e todos os tipos de ferragens.
Citou ainda empresas especializadas em produtos específicos, como boxes, fechamentos de sacadas, vitrines, entre outros, e explicou que cada um desses vidraceiros especializados possuem necessidades diferentes: o da área de decoração vai precisar de produto especializado; o de obras não tem problemas de risquinhos; já o que vai levar um tampo de mesa para uma dona de casa não pode ter um único risco sequer. “Se o transformador e o distribuidor não conhecerem o perfil de seus vários clientes, não poderão satisfazer suas necessidades. Não adianta equipamentos de última geração – não é o que ele está precisando. Os clientes vidraceiros são diferentes e não podem ser tratados como iguais, cada um tem seu perfil”.
O ex-vidraceiro citou, como curiosidade e para exemplificar uma situação específica, que nos últimos anos de seu negócio, apesar de se tratar de uma vidraçaria, o vidro não era o principal produto. Quando comparados os valores vidro, serviços e projetos, os vidros estavam abaixo de 50%.

PREÇO

Outro mito combatido por Marin em sua palestra é o de que todo vidraceiro procura unicamente por preço baixo. Ele enfatizou que um preço competitivo é importante, mas que não é o único fator que deve ser levado em conta – pois, muitas vezes, o vidraceiro acaba “pagando o preço baixo mais caro do mercado”, segundo suas próprias palavras.
Marin enfatizou cada um dos itens que compõem o custo do vidro para o vidraceiro, incluindo prazo de pagamento, entrega, pontualidade, correta proteção do vidro, apoio técnico e outras.
Marin sugeriu ainda entregas periódicas dentro de roteiros pré-definidos, para otimizar os custos e facilitar a vida dos pequenos.

Entendimento x Atendimento

Para Marin, o empresário tem o vocabulário, mas às vezes não há o entendimento. Ele cita: “A vírgula, às vezes, não é interpretada corretamente; é importante porque você se esforça no atendimento, mas o cliente não entende. Ou ao contrário – o cliente fala e você não entende. Tem um elo negativo na comunicação que vai gerar um estresse lá na frente. Essa comunicação tem 70% ou 80% de erros”.
Marin cita que uma das formas de comunicação está no apoio ao cliente. Ele cita como exemplo o caso de vidraceiros que atrasam pagamentos não porque não possuem serviços, mas sim por desorganização.
Nesse caso sugere que o fornecedor lhe ofereça apoio de gestão, visitas de profissionais ou cursos para que este aprenda a se organizar.
Outra dica passada foi para que o fornecedor participe do pós-venda ao cliente final, para ver se o vidro está sendo bem colocado pelo cliente vidraceiro. “Se não estiver direito não é para puxar a orelha, é para orientar e aperfeiçoar”, recomenda o palestrante. O ex-vidraceiro sugere ainda a diferenciação dos clientes com promoções tipo fidelização, por milhas com doação de prêmios e inovação.
Para finalizar, cita a frase de que “a vaca não nos dá nada, nós é quem temos que ir lá tirar dela”, de Mário Sérgio Cortella.
Associa tal pensamento ao fato de que as máquinas dos transformadores não vão dar resultado se estes não forem atrás. Ele argumenta: “caso contrário, quebrarão ou ficarão paradas e o prejuízo será maior quanto melhor e sofisticado for o equipamento”.

Mande sua mensagem para o Marin pelo e-mail:

fp.marin@uol.com.br
 
O que você achou? Deixe seu comentário logo abaixo.
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus
 
Fonte: vidros

Foram 2 dias (10 e 11 de junho) de cursos para os vidraceiros trazido pela Perfilcentro Ultramarine em parceria com Ideia Glass, AL Puxadores e Dorma. O professor Pedro Pina ministrou pela primeira vez seus cursos no Rio Grande do Sul.
O evento contou com a presença de mais de 200 vidraceiros, com sorteio de brindes como expositores Ideia Glass e molas Dorma. O encerramento do curso foi feito no dia 11 de junho, juntamente com a comemoração de 5 anos da Perfilcentro Ultramarine.
Pedro Pina ministra curso em evento de 5 anos da Ultramarine_3
 
Pedro-Pina-ministra-curso-em-evento-de-5-anos-da-Ultramarine_2

 Veja todas as fotos do evento clicando >>AQUI<<

 
Sobre a Perfilcentro Ultramarine: é uma rede de lojas especializada que concentram em um só lugar tudo para o vidraceiro, oferecendo um amplo mix de produtos para a instalação de vidros. Temos o compromisso e a responsabilidade de abastecer o mercado vidreiro com o que há de mais novo e moderno em itens destinados ao setor.
Além disso, oferecemos aos nossos clientes serviços de qualidade, como atendimento consultivo com profissionais aptos a orientá-los quanto a duvidas técnicas. Contamos com uma frota própria com  rotas de entrega para diversas regiões do estado
Qualidade, inovação, preço justo e um bom atendimento são requisitos básicos para a Perfilcentro Ultramarine.
 
Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais.
Facebook      Twitter      youtube_1    Google-Plus

Entre os dias 21 a 24 de outubro, mais de 43 mil pessoas visitaram a Glasstec 2014,uma das principais feiras do setor vidreiro mundial. A feira foi realizada em Düsseldorf, Alemanha, e contou com mais de 1.200 expositores de 50 países, que apresentaram novidades em maquinários, ferragens, novas tecnologias e tendências.
Representando a  ANAVIDRO, José Joaquim Miguel, esteve presente na feira e visitou os pavilhões de exposições, veja a seguir o que o diretor da ANAVIDRO disse sobre a feira.

ANAVIDRO participa da Glasstec 2014 e confere de perto as novas tecnologias e tendências do setor.
ANAVIDRO participa da Glasstec 2014 e confere de perto as novas tecnologias e tendências do setor.
“A Glasstec apresentou muitas novidades para o segmento de vidraçarias, na feira pude conferir veículos compactos que levam tudo o que o vidraceiro precisa para a obra.
Em um dos estandes a empresa DELTARACK apresentou cavaletes de madeira muito mais leves e ecológicos que os de metal. A Alemanha está a frente do Brasil em relação à fabricação de vidros, principalmente insulados. Na feira conferi vários stands com vidro multi-laminados e insulados, alguns com até 3 vidros.
DELTARACK apresentou cavaletes de madeira muito mais leves e ecológicos que os de metal
DELTARACK apresentou cavaletes de madeira muito mais leves e ecológicos que os de metal
Esse vidros devem ser tendência no Brasil devido a eficiência energética. “Sabemos que algumas empresas brasileiras já compraram linhas completas de laminação e vidros insulados, agora temos que ver como o mercado vai se comportar”. Concluiu Miguel
Stand da ABRASIPA na Glastec
Stand da ABRASIPA na Glastec
No terceiro dia de feira houve dois jantares, um realizado pela Guardian, para clientes de todo o mundo, e o da Cebrace que envolveu os brasileiros.
A próxima Glasstec já tem data para acontecer: de 20 a 23 de setembro em 2016.
Confira as fotos da visita no nosso Facebook >> Clique Aqui <<
ou se preferir no nosso Google Plus >> Clique Aqui <<
 
Fonte: andiv
 

O Stand da ANAVIDRO na Feira Fesqua 2014 foi um sucesso. Tivemos nesse ano uma parceira com a montadora Hyundai (marca sul-coreana de automóveis), na parceria foi apresentado uma incrível oportunidade para quem quisesse adquirir a caminhonete Hyundai HR, que conquistou o importante Prêmio Lótus 2014 na categoria “Camioneta de Carga do Ano”.
A Caminhonete Hyundai HR tem o máximo de conforto, e é fabricado na medida certa para o dia a dia do vidraceiro, proporcionado maior facilidade e menos tempo para carga e descarga, aumentando a rentabilidade do veículo.

ANAVIDRO e Hyundai na Feira Fesqua 2014, traz para os associados descontos na Caminhonete HR.
ANAVIDRO e Hyundai na Feira Fesqua 2014, traz para os associados descontos na Caminhonete HR.
O benefício para o associado ANAVIDRO não tinha nenhum fim lucrativo, buscamos esse benefício para prospectar novos clientes e novas parceiras futuras. A parceira entre a ANAVIDRO e a Hyundai proporcionou aos seus associados e para novos associados que adquirissem o veículo na Feira Fesqua 2014;
Desconto de R$ 4.000,00
Licenciamento GRÁTIS.
IPVA GRÁTIS.
Todos que passavam pelo nosso Stand queriam saber um pouco mais sobre a nossa associação e suas iniciativas no setor vidreiro. Na feira Fesqua 2014 foram apresentados todos os nossos benefícios para os visitantes que quisessem se tornar um novo associado ANAVIDRO.
ANAVIDRO e Hyundai na Feira Fesqua 2014, traz para os associados descontos na Caminhonete HR.
ANAVIDRO e Hyundai na Feira Fesqua 2014, traz para os associados descontos na Caminhonete HR.
Benefícios ANAVIDRO:
Cursos: Vendas, Projetos, Medição e Instalação.
Convênios: SCPC, Droga Raia, Drogasil, SEBRAE e Qualicorp.
Networking: Visitas às fábricas, Feiras, Workshops, Prêmio Destaque.
Lazer: Viagens, Torneio de Pesca, Torneio de Futebol, Teatro.
Consultoria: Jurídica, Contábil, Telefônica.
A ANAVIDRO agradece a todos aqueles que visitaram o nosso Stand.E agradecemos também a Hyundai pela parceira fornecida.

Veja as fotos do Stand Clicando <<AQUI>>

 

TOPO