Banner Principal

Você sabe realmente calcular o custo de uma obra, sem prejuízos?

Você sabe realmente calcular o custo de uma obra, sem prejuízos?Saiba como calcular a prestação de serviços de sua empresa e quais custos devem estar inclusos no orçamento.

O mercado está cada vez mais competitivo e globalizado também, os empreendedores procuram sempre se destacarem, diferenciarem seu negócio e sempre manterem o equilíbrio no caixa para não ter prejuízos. Mas aí vêm o desafio, como saber montar a tabela de preços da minha empresa? Como fazer um orçamento para que todo o custo de prestação de serviço seja coberto e ainda gere lucro? Como cobrar um preço justo pelos meus serviços?

Reduzir custos de sua produção em serviços para conseguir oferecer preços mais atrativos aos clientes é um grande desafio que os empreendedores têm que traçar todos os dias. Mas algo que é preciso entender; as empresas que oferecem serviços mais em conta, não são aquelas empresas que possuem um custo benefício bom, é preciso foco na qualidade de serviço prestado, e em cima dessa qualidade formular um preço.

As empresas que oferecem serviços de instalação sempre possuem uma grande demanda de orçamentos, e para dar conta de tanta procura é preciso de organização e principalmente de uma precificação bem formulada, para não ocorrer prejuízos e sim lucros.

Mercado de Obras – Vidraçaria

Toda construção, não importa de que porte seja ou para qual finalidade (residenciais ou comerciais), é possível e necessário a inclusão de vidros, durante a obra e finalização dela. Muitas vidraçarias são contatadas no momento de colocar vidros e fazer o revestimento da construção.

Neste momento o empreendedor precisa ter em mãos uma tabela com todos os tipos de serviço que presta dentro da vidraçaria, produtos, prazo de finalização de cada serviço e o mais importante, ter especificado o valor de cada serviço/produto, o ideal é já ter na tabela o preço de mão de obra junto, mas é comum às vidraçarias primeiro apresentarem os produtos e serviços, mostrarem o preço para o consumidor e só depois orça com o valor da mão de obra.

Para colocação de vidros é necessário profissionais especializados e existem alguns custos que são levados em consideração na hora de você empreendedor no ramo criar um orçamento para um cliente em relação a uma obra, não se pode apenas cobrar o vidro, tamanho, espessura ou tipo, existem outros custos que precisam ter sua porcentagem no preço final. Tomem muito cuidado no momento de elaborar seu orçamento, alguns materiais devem ser cobrados por metro quadrado, mas outros devem ser cobrados por metro linear.


Saiba como calcular o custo de uma obra que você pegou

O cálculo feito para serviços no mercado de obras funcionam com a mesma base, e mostraremos o porquê o cálculo pode ser feito da mesma forma e só altera o tipo de produto e serviço prestado.

Acompanhe como calcular o custo de uma obra que você pegou:

  • Material – Cada tipo de material possui um preço, isso varia devido ao tamanho, qualidade, entre outras características dele. Este fator é preciso ser considerado no orçamento final de uma obra, dependendo do que o cliente quer, o tipo de material e quantia, o valor vai sendo orçado conforme o cliente for escolhendo o material que deseja em sua obra.

Não importa se á para o ramo de vidraçarias ou outros matérias que são usados em obra, o cálculo em relação à matéria prima é o mesmo;

  • Custo de mão-de-obra – O grande erro de muitos empreendedores é não calcularem de forma justa o custo de mão-de-obra para realizar um serviço. É preciso levar em conta quanto tempo leva para fazer tal trabalho, a depreciação das ferramentas usadas para realização do serviço, além da matéria prima. Este valor é colocado em cima da matéria prima, assim o orçamento será realizado de uma forma mais completa e justa, que não fique ruim para o cliente e também valorize o profissional e empresa;
  • Serviços de terceiros – Toda empresa que presta serviços em obras muitas vezes precisam contratar profissionais terceirizados para realização de um serviço em específico, isso gera um custo a mais que precisa ter sua porcentagem no cálculo em um orçamento;
  • Encargos – Os encargos também devem estar constando no valor do orçamento da prestação de serviço, estes encargos são referentes a impostos pagos pela empresa, comissão paga a vendedores e colocadores.

É preciso listar todos os custos de um negócio em qualquer orçamento. É importante para o empreendedor não sair no prejuízo e também não cobrar um valor excessivo dos clientes e se manter competitivo no mercado.

Para ajudar a vida do vidraceiro no seu dia a dia, a ANAVIDRO elaborou e uma planilha com as informações e fórmulas para elaborar seus orçamentos e disponibilizará gratuitamente……Clique aqui…  

Escreva um Comentário

treze − 3 =

TOPO