Tag

profissional vidreiro

Procurando

Pretende fazer um curso no setor vidreiro?Saiba os requisitos mínimos para fazer um curso na área e entre em um mercado de grandes oportunidades

Todos já sabemos que é inquestionável a importância da educação para a formação profissional de todo cidadão. Análises do portal CEBIC – Normas Técnicas de Construção – comprovam que são necessários pelo menos oito anos de estudo para se obter conhecimentos mínimos e conquistar as melhores oportunidades de trabalho.

Isso comprova que investimentos em educação proporcionam melhorias no desempenho individual do trabalhador, fortalecendo suas competências e, por consequência, aumentando sua produtividade e qualidade no trabalho, além de facilitar a inclusão social.

Um outro estudo feito pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), mostra que a difusão rápida de determinadas tecnologias inovadoras de construção (com crescimento acima de 30% nos últimos 20 anos) gerou demandas maiores por certos profissionais, como é o caso dos aplicadores de material isolante, dos montadores de paredes de gesso acartonado e dos instaladores de vidros em geral.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT), comprovam a importância de criar mecanismos que facilitem o aumento de trabalhadores do segmento da construção civil como um todo, ao frequentarem cursos de aperfeiçoamento.

No caso do setor vidreiro, que vem capacitando os trabalhadores e promovendo as certificações profissionais – seja na produção ou na instalação de vidros – os diversos cursos disponíveis hoje ajudam a melhorar também a confiança daqueles que contratam. Além disso, promove o desenvolvimento socioeconômico de uma parcela significativa de trabalhadores na sociedade brasileira.

Cursos para vidraceiros crescem a cada dia

Um recente levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), confirma uma realidade sentida na prática pelo setor vidreiro. Os dados mostram que apenas 51% das pessoas que buscam o primeiro emprego são qualificadas.

A região sudeste de São Paulo é a que mais oferece cursos para formação ou aperfeiçoamento de vidraceiros. As demais dependem de iniciativas de entidades ou empresas para abrirem.

Segundo matéria da revista Tecnologia & Vidro, nas demais regiões brasileiras, a formação profissional depende de iniciativas de empresas ou entidades associativas. Muitos profissionais viajam para São Paulo ou para o Rio de Janeiro com o objetivo de obterem suas qualificações ou, em uma opção mais recente, fazem cursos on-line.

Salários atrativos para o setor vidreiro

Apesar dos salários atrativos para uma profissão que não exige muito tempo para a formação, existe a falta de profissionais. Um dos motivos é que os empresários precisam contornar a escassez de trabalhadores que foram seduzidos por uma ferramenta bastante poderosa: a tecnologia. Com a modernização digital, os jovens estão cada vez menos dispostos a operar ferramentas e carregar peso. Sabemos que muitos jovens preferem o conforto do escritório à linha de produção, mesmo desprezando salários atrativos.

Na região Sudeste, por exemplo, a média salarial de um instalador de vidros temperados experiente é superior a R$ 2 mil. Já um instalador experiente em fechamento de varandas com o sistema que permite a abertura total, também conhecido como cortina de vidro, pode pedir R$ 3 mil, sem medo de ter sua proposta rejeitada pelo empregador.  Inicialmente, as vidraçarias contratam os recém-formados como ajudantes e vão observando seus comportamentos até confiarem a eles os trabalhos mais delicados.

Cursos técnicos e de aperfeiçoamento no setor vidreiro

ANAVIDRO

Associação Nacional de VidraçariasA Associação Nacional de Vidraçarias, com sede em São Paulo, promove diversos cursos para vidraceiros não penas na capital paulista, mas também em outras cidades e estados. Nesta entidade, é possível escolher alguns cursos como: Aplicação do Vidro na Construção Civil, Aplicação de Folgas em Projetos e a oficina ‘Como Precificar Corretamente’.

  • Workshop Como Precificar Corretamente – esse encontro foi recentemente realizado em Teresópolis, Rio de janeiro, e ministrado pelo professor Alexandre Araújo, CEO do Canal do Serralheiro. Seu objetivo foi conscientizar os participantes da importância de calcular todos os gastos para a formação do preço de venda. Desenvolver habilidades para precificar produtos e/ou serviços de forma correta, segura, com lucro e sem margens de erros. A carga horária foi de 1 dia, 9 horas/aula.

Escola do Vidraceiro

A escola fica em São Paulo. Para saber mais, acesse o site. Os cursos estão detalhados a seguir, são relativamente curtos, com cargas horárias que variam entre 2 a 3 dias. Mas a escola também oferece os intensivos, de um dia, de Box de Aço Inox, Envidraçamento de Ambientes e de Vidro de Controle Solar.

Técnico de vidraceiro

Esse curso funciona como um a base inicial para quem pretende entrar no mercado de vidros e a boa notícia é que costuma ser gratuito. Com uma carga horária de 60 horas/aula, a programação inclui: características, beneficiamento e correta especificação dos vidros em geral; elaboração e apresentação de orçamento, medição, projeto, folgas, desenho de planta baixa, elevação; elaboração do projeto para fabricação dos vidros; instalação e regulagem de molas, ferragens e perfis, incluindo conjunto de correr; instalação de box de correr e abrir; corte, noções de lapidação e instalação de vidros comuns.

Técnico de vidro temperado

O curso aborda características do produto, especificações, medição, projeto, molas, instalação de box, noções de instalação em engenharia, espelho e orçamento.

  • Pele de vidro – fachada cortina, fachada glazing, desenhos, procedimentos de colagem, conceitos de utilização do vidro.
  • Guarda corpo e Spider – conceito, características mecânicas, medição técnica, aplicação, tipos de spider, produtos de guarda-corpo.
  • Portas automáticas – análise do local a ser instalada, verificação do sistema elétrico, dimensionamento das portas, vidros, fixação dos equipamentos e montagem do movimentador, ligação e programação do sistema eletrônico.
  • Envidraçamento de sacada – medição técnica, desenvolvimento do projeto e orçamento, preparação das peças, especificações técnicas do sistema, aspectos jurídicos da utilização em fachadas.
  • Serralheria básica alumínio na construção civil, janelas, caixilhos, esquadrias, dimensionamento de vãos, mercado, produtos, linhas fechadas e prática de montagem de esquadria.

Outros cursos pra vidraceiros

Kit sacada Alclean

A fabricante de kits para montagem de boxes e sacadas Alclean fornece cursos gratuitos para clientes que tenham feito ao menos uma compra e se cadastrado. Eles acontecem na sede da empresa, na Grande São Paulo. Para mais informações sobre os cursos citados acima mande e-mail clicando aqui.

Cursos online Acrisoft e setor vidreiro

Uma opção interessante são os cursos via Internet, apesar de não incluírem a parte prática e serem, por isso, pouco valorizados pelas vidraçarias. A Acrisoft comercializa um curso para vidraceiros em CD-Rom.

Central do vidraceiro

A empresa fluminense ministra aulas de Vidro Temperado em alguns estados, incluindo, São Paulo e Rio de Janeiro.

Curso Envidraçamento de Sacadas (Cortina de Vidro) e Montagem de Guarda Corpos (marca Q-Railing)

São realizados no Rio de Janeiro, em São Paulo e Bahia, em parceria com a revista Vidro Impresso. São cursos de apenas 1 ou 2 dias, com o máximo de 16 horas/aula. Confira:

Curso Vidro Temperado

2 dias de curso (16 horas/aula), realizado em São Paulo, Bahia e Rio de janeiro.

Curso Envidraçamento de Sacada

1 dia de curso (8 horas/aula), é realizado em São Paulo e no Rio de Janeiro

Serralheria Básica

1 dia de curso (8 horas/aula), somente no Rio de Janeiro

Cursos com o professor Pedro Pina

Referência em cursos para vidraceiros há mais de 40 anos, o professor Pedro Rogelio Pina possui datas disponíveis para cursos em empresas. Curso de Vidros Temperados: com 40 horas/aula.

Cursos com o professor Jatanael Moreira

Outro professor bastante procurado é Jatanael Moreira, da empresa Projeto Certo, sediada em Diadema (Grande São Paulo). Ele ministra cursos básicos (de 40 horas/aula, em três dias) e avulsos pela ANAVIDRO (Associação Nacional de Vidraçarias).  O professor também oferece cursos por todo o Brasil, principalmente no Nordeste, em parceria com entidades ou temperadores.

ABRAVIDRO e SENAI-SP

Pioneiro no programa de formação continuada qualificada, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (SENAIS), em parceria com a Associação Brasileira dos Distribuidores e Processadores de Vidro Plano (ABRAVIDRO), mantém cursos há 15 anos. Veja a seguir:

  • Curso de VidraceirosA carga horária é de 160 horas, com aulas de segunda a sexta-feira no período noturno ou aos sábados o dia todo. Esse curso é pago e na grade curricular estão incluídas disciplinas como: história do surgimento do vidro, noções do processo fabril do vidro comum, têmpera, laminação, espelhação, corte, lapidação, furo, medição, colocação do vidro comum, medição, desenho, folgas e colocação do vidro temperado.As turmas são formadas por até 12 alunos para facilitar o aprendizado e a coordenação disponibiliza vagas abertas por empresas em um mural, para que eles possam se inscrever nos processos seletivos.
  • AMVID e SENAI (MG) – A Associação Mineira do Comércio Atacadista, Varejista e dos Beneficiadores do Vidro (AMVID) em parceria com o SENAI Paulo de Tarso, promovem cursos durante todo o ano para a qualificação dos vidraceiros do estado de Minas Gerais.
  • Capacitação Básica para Vidraceiros – Esse curso é a porta de entrada para os demais cursos e acontece periodicamente deste 2007. É o curso que permite que o participante receba as informações gerais necessárias para que possa iniciar o trabalho em uma vidraçaria em qualquer setor. São 40 horas/aula e é pago.O curso anterior é pré-requisito para poder fazer a Especialização em Orçamentos e Projetos em Vidros Temperados e Especiais (Nível 1): tem 60 horas/aula, pago.Também é pré-requisito para o nível II que, segundo a secretaria da entidade, é ‘único no país porque inclui Guarda-Corpos e Envidraçamento de Sacada (cortina de vidro). O curso completo é ministrado em 60 horas/aula.
Fontes:
https://www.vidros.inf.br/feiras-eventos/cursos-para-formacao-ou-aperfeicoamento-de-vidraceiros/?doing_wp_cron=1549065319.0755829811096191406250
http://www.abramat.org.br/datafiles/publicacoes/poli-abramat.pdf
http://www.cursoparavidraceiro.com.br/noticia/capacitacao-sera-obrigatoria-para-atuar-como-vidraceiro
http://www.cbic.org.br/normasdaconstrucao/
http://www.abramat.org.br/quem-somos
TOPO